China - Um Só

China: Conexão musical Rio-Recife

China gravou um disco em agosto e setembro de 2003, sob a produção de Dado Villa-Lobos. "Gosto muito das trilhas que ele fez para o cinema e queria que as músicas do disco soassem como a trilha de um filme. Dado era o cara." O álbum se chama "Um Só" e traz a idéia do músico de Olinda de "cantar samba com uma postura rock ´n´roll". Conforme explica: "queria fazer um som que tivesse o barulho dos Ramones e a dissonância de Tom Jobim, a simplicidade do punk rock e a sofisticação da bossa nova. Por isso é que chamei músicos do rock para tocar sambinhas. Taí a atitude... criar uma música sofisticada, mas sem deixar de lado os ruídos e as microfonias".

Sob essa filosofia, saíram "Ainda esquento barracão", "Ultravioleta", "Contra informação", "Cristalino" e a própria "Um só", que dá nome ao disco. Os músicos que compõe a conexão Rio-Recife e acompanham China nessa ponte musical são: Rafael Crespo (guitarra - RJ), Maurício Chiari (bateria - SP, residente no Rio), Rafael Pirulito (baixo - PE) e Chico Moreira (teclados - PE).

O fim da carreira meteórica do Sheik Tosado abriu espaço para um China mais brasileiro. "Os Mutantes, Caetano, Jorge Ben, Nara Leão, Zé Keti, Monsueto, Chico Science, Mundo Livre, Roberto Carlos, Elis, Zimbo Trio, Tom Jobim, João Gilberto, Vinícius de Moraes, Chico Buarque... respiro todas essas notas musicais", declara. Só que não para por aí: "a idéia é ter músicos do rock 'n' roll tocando bossa nova com a mesma desenvoltura, mas com poucas notas, assim como o punk-rock. É só tentar imaginar o Stooges ou o Ramones tocando Tom Jobim que é bem por aí o que eu quero fazer. Samba pesado, bossa nova pós moderna, intimismo tropical?".

1 Contra-informação
2 Ainda Esquento o Barracão
3 Cristalino
4 Ultravioleta
5 Um Só
6 Samba e Amor (Chico Buarque)

China (site oficial)

Nenhum comentário: