Viana Moog - Boemia Adolescente Após os 30.

Viana Moog faz um pop de guitarras distorcidas, com letras surrealistas sobre sexo, escapismos, relacionamentos, fissuras e auto-consumo.
Influências: glitter, punk, sixties, Osvald de Andrade, Ferreira Gullar e Garcia Lorca.

"Bang! Estamos nessa pela alma elétrica . É uma época anti-séptica essa nossa. Cabos blindados em nossas genitálias e suor sem cheiro em nossos parceiros. Também amamos o plástico, mas a nossa maneira. Antonin Artaud Rock n`Roll. É preciso usar os joelhos para a arte. Glamour e dentes cariados. Agulhas e balão de gás. Não é de nosso interesse ser underground. Queremos ser subversivos. Amamos cicatrizes, maquiagem borrada e flertes descuidados com o espírito automático da velocidade. Queremos ser úteis a nossa maneira. Nos entenda e te devoraremos. Oswald de Andrade não é anjo por que é brasileiro. O espírito se faz pela arte, e a arte não se faz. É. Não nos julgue arrogantes, apenas entendemos onde estamos, e o que nos cerca padece uma apatia calculada e feliz. Não temos medo de nos queimar para que entendam nossas idéias, e caso não entendam voltaremos para casa salvos, intactos, com os dentes limpos e a alma tonificada. Estamos nessa pela alma elétrica. É uma época antisséptica essa nossa. Estamos nessa pelos doces da farmácia e pela medicina ilegal."

1. Mack
2. Henry Miller
3. Totalmente Alien
4. Coma Pânica
5. Necessaire
6. Lady Boa Gente

[ Download no Tramavirtual ]

http://www.vianamoog.com/#

3 comentários:

Anônimo disse...

Keep up the good work film editing schools

Hacker Future disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Caramba....
Uma das melhores bandas que já ouvi...
E essa guitarra tem algo de diferente dos outros discos que escutei...
Mas esse disco é o melhor...