Red Tomatoes - O Centro do Longe de Tudo

Chapecó (SC) se auto-intitula a "Capital Brasileira da Agroindústria". Sendo assim, faz sentido que uma banda surgida na cidade se chame Red Tomatoes. Mas a relação entre a banda e a cidade não termina aí, pois "O Centro do Longe de Tudo", 5º registro dos Red Tomatoes, também é uma referência a Chapecó, que está situada a 500km de Curitiba, 500km de Porto Alegre e 600km de Florianópolis, ou seja, apesar de ser o pólo de uma região com cerca de 200 municípios, está a pelo menos 500km do grande centro mais próximo.
A distância física das grandes cidades não impede que Chapecó compartilhe da tendência adotada pelas "tribos do Sul". Uma boa prova disso são os Red Tomatoes, que, assim como inúmeras outras bandas daquela região, fazem um trabalho cuja principal influência é o rock dos anos 60, que parece ter se tornado a língua pátria da juventude sulista. Para ela, o estilo MOD continua no topo das paradas, ou talvez nunca tenha saído de lá, constituindo uma verdadeira febre.
Em algumas faixas de "O Centro do Longe de Tudo", como "Rock No Carnaval", "Cama Automática" e "Não Adianta a Revolta", o trabalho dos Red Tomatoes até pega uma carona na onda MOD, mas as semelhanças param por aí. De resto, o CD é uma autêntica salada que mistura tendências e estilos, sempre tomando como base o rock sessentista, mas não necessariamente seguindo o gênero MOD.
O grande diferencial da banda está na criatividade das letras, que seguem uma linha bastante irreverente, fazendo troça, inclusive, com suas próprias influências. Faixas como "Eu Gosto de Garotas", "Cama Automática", "Bad Morning", "Bush It", "Topless", "Los Hermanos" e a inacreditável "Estados De Nomes Semelhantes Que Só Diferem Na Localização" têm ar debochado e conseguem arrancar boas gargalhadas do ouvinte.
Mas, sem dúvida alguma, o grande destaque de "O Centro do Longe de Tudo" fica por conta de "Toque Um Raul", música feita para aqueles sujeitos "malas-sem-alça" que, a qualquer hora do dia ou da noite, não importa o lugar ou quem esteja tocando, querem ouvir Raul Seixas e ficam gritando: "toca Raul! Toca Raul!". Já nasceu um clássico!
(*por Leandro Becker - 20/07/2006)

1. Rock no Carnaval
2. Eu gosto de Garotas
3. Cama Automática
4. Bad Morning
5. Bu$h It
6. Topless
7. Toque um Raul
8. Los Hermanos
9. Só pode ser falta de sorte
10. Não adianta a revolta
11. Ponto Final
12. Estados de nomes semelhantes que só diferem na localização geográfica

Silvio Tomato – voz / guitarra
Michel Ângelo Marcon – baixo
Fernando De Nadal – voz/ guitarra
Ricardo Bellei – bateria

Créditos e agradecimentos: MP3Magazine

redtomatoes / tomatesrt@gmail.com

4 comentários:

Diego disse...

a musica cama automatica vale o cd, podem puxar. Gostei da banda, faço como eu não tenha medo do novo

Anônimo disse...

Keep up the good work » » »

Priscila disse...

The good work keep on going.
;)

São bão demais!
:)

Anônimo disse...

q delicia!