Eddie - 9 Canções

Desde do início, a idéia era fazer som movido a experimentos, música brasileira + três acordes + etnias + diversão. Línguas diversas, se comunicar, nos encontramos nos Pixies, nos Ramones, Dead Kenneds, nas divagações da música jamaicana, os estúdios, as técnicas, repetições, as lições do jazz, na poesia da Bossa, na maloqueragem dos pernambucanos, (isso só saberíamos depois de anos e várias formações, que seria uma das soluções musicais mais importantes na linha de montagem das nossas músicas), nas facilidades e possibilidades que as gravações nos proporcionaram, na mistura de pessoas diferentes, musicalidades diferentes, escolas diferentes, um processo de mutação permanente.

Passamos por vários palcos, vivendo numa das cidades mais fervilhantes e ricas em diversidade e espontaneidade, dividindo mesa de bar com todos os oradores do Mangue bit, com os tradicionalistas da rica tradição do Estado, todos os loucos e visionários que as cidades têm como recheio, prato cheio pra quem quer vadiar e fazer música, bons ingredientes para estar sempre à procura da identidade própria, de tentar apontar outros caminhos, exercitar a liberdade pessoal.

O mangue bit proporcionou uma injeção de vontade, coragem pra sair e mostrar a cara, o Brasil entende bem o que nós fazemos e tem gostado, passeamos por vários Estados, palcos e pessoas ativas na linha de frente da boa música nacional nos passaram e passam satisfação e informação, cearenses, baianos, paraibanos, cariocas, paulistas, brasilienses, catarinenses, potiguares, alagoanos, sergipanos, paranaenses, e estamos em busca de mais.

Do início do caminho em 1989 até hoje, tivemos uma grande família de músicos e freaks na formação: Roger Man e Berna, Maninho, Stela Campos, Animal, uma porrada de gente do Ben.

Uma pá de gente bacana gravou nossas crias, Nação Zumbi, Wado, Mônica Feijó, Cássia Eller, que maravilha, que sensacional! Só nos lamentamos de não ter gravado mais registros de nossas fases e ter isso como um cinema pra entender melhor o que somos hoje.

MP3s
1. Eu Ia
2. Eu Só Poderia Crer
3. Falta de Sol
4. Futebol e Mulher
5. O Céu
6. Pode Me Chamar
7. Sofistic Balacobaco (4.19 mb)
8. Quando a Maré Encher (Ao Vivo)
9. Não Vou Embora (Transformer por Led D e William P)

Vídeos
1. Sentado na Beira do Rio (Ao Vivo no III Olinda Stereo)
2. Eu Sou Eddie (Ao Vivo no III Olinda Stereo)
3. Subir Ladeira (Ao Vivo no Rec-Beat 2004)
4. Metade Futebol, Metade Mulher (Ao Vivo no Rec-Beat 2004)
5. Pode Me Chamar (Ao Vivo no Rec-Beat 2004)
6. Futebol e Mulher (Ao vivo no Ancoradouro)
7. Eu Sou Eddie (Ao vivo no Ancoradouro)
8. Sentado na Beira do Rio (Ao vivo no Ancoradouro)
9. Pode Me Chamar (Ao vivo na Usina)

Agradecimentos: RecifeRock.com.br
Site oficial: Eddie.com.br

3 comentários:

Felipe disse...

Amigo, será que vc poderia consertar os link defeituosos (faixas 12 e 13) do CD do Pearl Jam no Canadá do Post de 20 de Janeiro. Agradecido.

Parabéns pelo blog. Excelente.

Felipe disse...

A 1, 5 e 8 do CD2 tbm. Obrigado.

Heber Welby disse...

Felipe,

Infelizmente, os links dessas faixas que você citou, estão quebrados e não não consegui consertá-los. Uma solução de alguns frequentadores foi fazer uma seleção para um cd.
Se eu conseguir arranjar outra fonte, re-posto e aviso.

Abraço!