Xique Baratinho

O manguebeat, movimento musical surgido no início dos anos 90, em Recife-PE, mudou para sempre a história da música popular brasileira, introduzindo a fusão, até então inédita, entre rock e influências regionais. Inspirado neste movimento, o Xique Baratinho busca equilibrar elementos da cultura alagoana com gêneros universais.

“Xique Baratinho”, disco de estréia da banda, é uma mescla de coco de embolada, rock, funk e outras influências. Levadas suingadas, guitarras pesadas e a utilização de uma flauta doce fazem o trabalho soar como se fosse o Jethro Tull cantando coco de embolada, sendo acompanhado por Flea (Red Hot Chilli Peppers) no baixo. O resultado é inusitado, mas bastante interessante.

Dentre as faixas, há algumas releituras de cocos tradicionais como Arataca, Puia em desafio e Alto da Corana, o que reforça a proposta de universalizar a cultura de raiz. As letras são divertidíssimas, com destaque para Puia em desafio, que é de matar qualquer um de rir! Um verdadeiro clássico do coco de embolada.

Em geral, o clima do disco é bem leve e descontraído, mas há alguns momentos pesados como Almirante Aragão, faixa que mistura levada de funk com riffs de guitarra setentistas, e Elemento Peste, faixa que une suingue, guitarras pesadas e até thrash metal, trazendo em sua letra uma mensagem de revolta.

Parodiando a letra de Elemento Peste: “E aí, véio? Você vai ficar parado aí? Liga esse som e vamo metê bronca!”.

01. Alto da Corana
02. Arataca
03. Ctrl.Alt.Del
04. Nêga Fulô
05. Labafero
06. Tudo Muda
07. Meia Sexta Cheia
08. Sururu
09. Só de Calção
10. Coisa Medonha
11. Almirante Aragão
12. Elemento Peste
13. Puia em Desafio

Xique Baratinho na MP3MAGAZINE.com.br

3 comentários:

Fábio Siqueira disse...

Rapaz, conheci teu blog por acaso e estou impressionado com a qualidade e a diversidade do material postado, encontrei bandas que gosto muito e não achava nada para ouvir e conheci material novo que me impressionou.

Obrigado mais uma vez pelo excelente material e pode ter certeza que vc atingiu o teu objetivo, descrito no início do blog.

Heber Welby disse...

Fábio,

É para pessoas como você que esse blog existe.
Obrigado pela força.

Abraço, Heber.

Érico Gustavo disse...

Sou mais um que caiu de pára-quedas aqui no blog mas tb quero parabenizar pela diversidade e qualidade do material postado..


flw